quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Monstro!
























De onde vem
tanta fumaça?
Não consigo viver
Onde o homem
deixou sua inteligência?

Porque de tanto fogo na floresta?
Não consigo viver
onde o homem
deixou seu bom senso?

De onde vem
essas cinzas?
Trazidas pelo vento
Não consigo viver
Onde o homem
deixou seu caratér?

Porque tantos animais presos
engaiolados?
Não consigo viver
Onde o homem
deixou sua sabedoria?

De onde vem
tanta poluição?
Não consigo viver
Onde o homem
deixou sua vida?

O porque
de tantas guerras, violência?
O homem
deixou
de
ser
homem!


Lu*Moraes

3 comentários:

  1. Oi Lu
    É lamentável, mas parecer que o ser está deixando de ser humano

    ResponderExcluir
  2. Lu... quando que o homem vai perceber que destruir a natureza é destruir ele mesmo? isso é muito, muito triste. O seu poema é lindo, retrata a nossa indignação e sentimento.

    Adoro vc, minha amiga do coração!

    ResponderExcluir
  3. Olá amigo:
    Suas perguntas, por essa razão que você planta foi concluída no dia que você ver que nem tudo é tão cinza no comportamento humano e lançar um olhar sobre essa parte eu acho que é maior do que nunca no combate a incêndios e evitar que eles não voltar ocorrem.
    Há pessoas que lutam contra a opressão e discrimanción e se as guerras não pode ser banido para sempre, pelo menos, ser menos invasiva agora.

    Seja amigo feliz.

    Um abraço.

    ResponderExcluir

Críticas, sugestões,...Tudo é bem vindo! Fique a vontade!

Amigo(a)! Muito obrigada! Pelo seu comentário!
TUDO DE BOM! Pra você! FELICIDADES!!!