segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Sou pobre, mas não sou ladrão



Do beco,
a droga,
a prostituição.
Um canto rapper diz:
Eu não sou ladrão

Sou pobre, sou honesto.
Moro na periferia,
trabalho na construção –
para o sustento da família

Se nos pegam na rua:
chamam de negro e traficante.
Não sou do mal!
Vivo minha vida dignamente.

Em uma loja de luxo,
olhares estranhos e atentos.
Não é porque tu pisas num chão diferente do meu,
que tu sejas melhor do que eu.


Também tenho direito –
de olhar as vitrines, como freguês.
Viajar em sonhos.
Para um mundo, sem orgulho burguês.

Nesse mundo perverso, cheio de injustiças.
Alguns se encaminham para o mundo do crime.
Pensam, que a droga é a solução.
Irmão! É uma verdadeira ilusão.

Cantamos, um canto.
Do dia-a-dia, da vivência ferida.
Com rapper e samba na veia.
Sobrevivo nesse labirinto de teia.

Sou filho de Deus.
Quero um mundo justo, de riquezas compartilhada.
Trabalho com salário digno.
Moradia, saúde, educação.
É! Vamos viver uma canção.
(Luciane Moraes)

15 comentários:

  1. Oi Lu
    é um erro, achar que todo pobre e favelado. é ladrão e mal caráter, aliás a maioria das pessoas humildes é trabalhadora e honesta.
    Bjux

    ResponderExcluir
  2. Emocionante e lindo! beijos e ótima semana!chica

    ResponderExcluir
  3. Amei!!!

    Pensei até que fosse música pela sonoridade das palavras...

    Beijos neste coração poeta e politizado.

    ResponderExcluir
  4. Maravilha de palavras LU! Muito interessantes.
    Adorei.
    Bj

    Rui Pires - OLHAR D'OURO - http://lamegoimage.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Una bonita y justa letra que se merece que le pongan música y cantarla. Saludos

    ResponderExcluir
  6. Bm dia querida. Percebi que tem visitado meus blogs, fico muito feliz.
    Vim conhecer seu canto de perto, conhecia somente de passagem.
    Volt mais tarde.
    Passa aqui nesse de poesia tambem. Bjins entre sonhos e delíros

    ResponderExcluir
  7. Com certeza, sonhos que um dia viram, belo texto minha querida... uma poesia repleta de desejos.

    ResponderExcluir
  8. e muita gente acha isso que ser pobre é sinal de violência

    ResponderExcluir
  9. Passei por aqui para te desejar uma boa semana. Ronronitos duplicados.

    ResponderExcluir
  10. Hola Amiga:

    Nosotros con el tango tenemos muchos temas que hablan de la soledad, tristeza, y la pobreza.
    Son como un lamento que toca el alma.
    Y desde aquí estoy contigo.
    siempre hay salida, sólo hay que perseverar y encontrarla.

    Un abazo

    ResponderExcluir
  11. Belas palavras...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  12. Seu blog é cheio de coisas interessantes, gostei muito!
    bj

    wwwpanapana-modaearteblogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Todos merecem ser tratados dignamente.
    Bjs!
    Lu

    http://achadosdaliedaqui.blogspot.com (decoração e moda)
    cafezinhodascinco.blogspot.com (culinária)

    ResponderExcluir
  14. Muito interessante esse poema! Parabéns!

    ResponderExcluir

Críticas, sugestões,...Tudo é bem vindo! Fique a vontade!

Amigo(a)! Muito obrigada! Pelo seu comentário!
TUDO DE BOM! Pra você! FELICIDADES!!!